O Projecto

O Projecto

Este projecto, centrado num conceito inovador – ARTE E CIÊNCIA PRÓXIMAS DA NATUREZA – e desenvolvido integralmente num espaço territorial que designamos por CAMPUS JARDIM DAS PEDRAS, é focado na integração das quatro comunidades que o projecto convoca: os HABITANTES locais, os ARTISTAS, os CIENTISTAS e os VISITANTES, sendo estes três últimos considerados “turistas” e público-alvo na medida que se deslocam do país e do estrangeiro ao Campus para conhecer, participar e fruir do amplo programa de actividades que lhes são oferecidas ao longo de todo o ano.

Sob três princípios fundamentais aos quais nos subordinámos – PROTEGER, TRANSMITIR e DINAMIZAR – , desenvolvemos três tipologias de actividades transgeracionais ajustadas aos diferentes públicos – DESCOBRIR, PARTICIPAR e CRIAR.

Este projecto pretende desenvolver um “ecossistema” sustentável com as diferentes comunidades no centro do processo, onde o binómio inovação – integração é nuclear.

Neste quadro de exigências, construímos um projecto acessível a todos, que funciona durante todo o ano, com actividades específicas para diferentes públicos, a várias velocidades, e que incrementa a permanência das comunidades por via dos  seus dos activos culturais.

DESTE MODO, REVELA-SE ABSOLUTAMENTE NECESSÁRIA A CONSTRUÇÃO DE UMA ESTRUTURA ARQUITECTÓNICA MULTIFUNCIONAL E UM CONJUNTO DE EQUIPAMENTOS DISTRIBUÍDOS NOS VÁRIOS LOCAIS DO CAMPUS, ACESSÍVEIS A TODOS, PARA O PLENO DESENVOLVIMENTO DE TODAS AS ACTIVIDADES PRECONIZADAS.

Assim, a presente candidatura pretende merecer apoio e financiamento para construção da estrutura arquitectónica multifuncional e equipamentos que acima referimos, a aquisição de bens e de equipamentos para funcionamento do projecto e acções de promoção nacional e internacional do projecto;

Por último, de referir que o amplo Plano de Actividades, que agora acolhe também o turismo criativo, desenvolvido especificamente para este projecto, assenta na nossa experiência dos últimos quinze anos, encontrando-se já maioritariamente financiado pelos projectos em curso, e o restante será efectuado no âmbito das novas propostas que se encontram em fase de candidatura à Europa Criativa e Inovação Social.